História do Voleibol de Praia
 
 

No começo da década de 1920, o vôlei de praia nasceu, na Califórnia, EUA, de uma adaptação do vôlei indoor. Era uma brincadeira despretensiosa e bem de família. Mas o novíssimo esporte também passou a ser praticado por soldados ao ar livre, sob o sol à beira-mar, numa atividade de lazer sem o compromisso da vitória. Rapidinho, a galera que freqüentava toda a costa oeste americana se encantou com o jogo e o tornou popular no país. Antes do final da década, o vôlei de praia já havia aportado na Europa e se tornara o esporte número um de uma comunidade de nudistas franceses.

Com a grande depressão econômica dos anos 30, o esporte passou a ser a diversão preferida dos ianques. Na verdade, só lhes restara a praia para os momentos de folga naqueles dias difíceis. Ao mesmo tempo, crescia o número de adeptos em países como Tchecoslováquia e Bulgária. Em 1947 já eram disputados nos EUA torneios com duplas masculinas. Nos anos 50, o primeiro circuito atraiu centenas de jogadores e milhares de admiradores para as cinco praias californianas onde os jogos ocorreram.

Num torneio em 57, quando o esporte já possuía estilo próprio, Annette Funicello, a "Rainha da Praia" dos filmes hollywoodianos, apareceu para beijar os vencedores. Foi o primeiro affair do mundo artístico com o vôlei de praia. Nos anos 60, mais famosos apaixonaram-se pelo esporte: os Beatles, a atriz Marilyn Monroe e até o presidente dos EUA John Kennedy.

O interesse despertado no público levou a modalidade ao profissionalismo. Em 1987, a Federação Internacional de Voleibol (FIVB) aceitou o vôlei de praia como modalidade oficial. Nesse ano, o primeiro campeonato mundial masculino ocorreu no Rio de Janeiro. A disputa feminina começou em 1993. Jogado desde a década de 40 no Rio, o esporte teve forte impulso nos anos 80 quando estrelas do vôlei de quadra passaram a fazer exibições pelo país. Renan, William, Bernard e Montanaro, com o prestígio da medalha de prata de Los Angeles-84, participaram de competições em Ipanema, no Rio, e no Guarujá, em São Paulo. O sucesso foi fundamental para a realização de eventos internacionais no Brasil.

 

Fonte: MICRO OFFICER SERVIÇOS

VOLTAR